Usuários no iOS 14.5 recusam rastreamento e anunciantes migram para Android | Celular

Robert Scheidt tenta se isolar no recorde de medalhas para o Brasil – Esportes
maio 24, 2021
Bayern é exceção na bolha de dívidas do futebol europeu – Esportes
maio 24, 2021

Usuários no iOS 14.5 recusam rastreamento e anunciantes migram para Android | Celular

O iOS 14.5 permite que o usuário escolha se deseja ou não que seus dados sejam rastreados por aplicativos. Duas semanas após o seu lançamento, parece que são poucas as pessoas que deram autorização aos apps para acessarem as suas informações de navegação no iPhone. É o que aponta o No IDFA No Problem.

Atualização para o iOS 14.5 no iPhone (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

Atualização para o iOS 14.5 no iPhone (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

As informações partem de uma iniciativa da Post-IDFA Alliance, grupo de empresas de publicidade que foca em preocupações de anunciantes com as novas políticas da Apple. Os números, por sua vez, são da AdColony, Fyber, Liftoff, Singular e Vungle, integrantes da aliança. Os dados foram coletados entre 26 de abril e 9 de maio de 2021.

A nova versão do iOS, segundo o relatório, teve taxas de adoção de, em média, 12,9%. Para a Singular, 16,8% das instalações de apps resultaram na liberação de acesso ao identificador de publicidade do dispositivo após o usuário receber a solicitação no iOS 14.5. A AdColony, por sua vez, informa um número maior: 36,5%.

A iniciativa ainda sugere que os anunciantes possam ter se dedicado mais ao Android nesse período. De acordo com o relatório, todos os parceiros da Post-IDFA Alliance relataram aumentos nos gastos com Android após o lançamento do iOS 14.5. As taxas de crescimento apuradas pela Liftoff e Vungle são de 8,29% e 21%, respectivamente.

Enquanto isso, no iOS, a AdColony observou uma diminuição de 2,51%. Para a Singular, a queda foi mais expressiva: 3,59%. A Vungle relata o movimento oposto. Neste caso, segundo a empresa, os gastos com o sistema da Apple para iPhone subiram 3,32%.

A expectativa, segundo o relatório, é de que o custo por mil impressões (CPM) tenha queda em curto prazo. Os parceiros da aliança, por outro lado, esperam um aumento nos valores conforme mais pessoas passem a utilizar o iOS 14.5 em seus celulares.

Alerta de privacidade do iOS

Alerta de privacidade do iOS (Reprodução/Apple)

iOS 14.5 traz melhorias de privacidade

A Apple estreou, no último dia 26, o iOS 14.5. Com a atualização, os aplicativo terão de solicitar a permissão do usuário para monitorar dados de outros apps e sites. A novidade também afetou os softwares para iPad e Apple TV.

A novidade é conhecida como App Tracking Transparency (ATT). O recurso garante mais controle à privacidade no sistema, pois os apps só terão acesso ao identificador de publicidade do dispositivo com a autorização do usuário. Ou seja, se a permissão não for concedida, o app não conseguirá visualizar o código do gadget da Apple.

A Apple ainda atualizou suas diretrizes em relação à função no fim de abril. Segundo a nova regra, os desenvolvedores não poderão oferecer incentivos, como pagamentos em troca da permissão, para que os usuários liberem o rastreamento. O aplicativo que descumprir o novo regulamento pode até ser removido da App Store.

Com informações: No IDFA No Problem

Fonte da Notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *