Últimas campeãs, Barty e Swiatek estão no mesmo lado em Roland Garros – Esportes

Publicado o Regimento Interno Conselho Estadual da Juventude – Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
maio 27, 2021
Windows 10 muda ícone do Gerenciador de Tarefas antes de redesign | Aplicativos e Software
maio 27, 2021

Últimas campeãs, Barty e Swiatek estão no mesmo lado em Roland Garros – Esportes


Em chave publicada nesta quinta-feira, as duas últimas campeãs de Roland Garros podem se enfrentar nas semifinais. Ashleigh Barty, número 1 do mundo e campeã de 2019, e Iga Swiatek, nona colocada e vencedora em 2020, caíram do mesmo lado.

Barty, que não jogou ano passado o evento por conta da pandemia, estreia diante da americana Bernarda Pera, 70ª, em duelo inédito. A australiana tem a polonesa Magda Linette ou a francesa Chloe Paquet na segunda rodada e na terceira a tunisiana Ons Jabeur. Ela pode cruzar com a americana Cori Gauff nas oitavas. Gauff venceu o torneio de Parma, na Itália, e duelava nas quartas em Roma contra Barty quando a australiana desistiu pouco depois de vencer o primeiro set, alegando uma lesão na perna. Karolina Pliskova ou Elina Svitolina são potenciais rivais de quartas de final.

Swiatek, que vem de título em Roma, estreia contra a esloneva Kaja Juvan, 101ª, a qual venceu no único encontro entre elas. Na segunda fase pega a americana Shelby Rogers ou a sueca Rebeca Petterson, na terceira fase encara a estoniana Anett Kontaveit, cabeça de chave 30, nas oitavas pode cruzar com a campeã de 2016, a espanhola Garbiñe Muguruza que a derrotou este ano em Dubai, nos Emirados Árabes. Pelas quartas pode cruzar com a belga Elise Mertens, a grega Maria Sakkari ou reeditar a final de 2020 contra a americana Sofia Kenin.

Do outro lado da chave, Naomi Osaka, que teve decisão polêmica em não participar de entrevistas este ano, estreia contra a romena Patrícia Tig, 63ª colocada. A número dois do mundo e campeã do Australian Open este ano, vencedora de quatro Slams, terá pela segunda fase a romena Ana Bogdan ou uma qualifier e na terceira rodada a americana Alison Riske, cabeça de chave 27 ou a montenegrina Danka Kovinic. Nas oitavas o calo pode apertar com a tcheca Marketa Vondrousova ou a holandesa Kiki Bertens. Nas quatro participações em Paris, Osaka chegou no máximo na terceira rodada em três ocasiões.



Fonte da Notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *