Starlink revela antena retangular de internet e homologa roteador no Brasil – Tecnoblog

Jejum incômodo: veja clubes que estão há longos anos sem título – Fotos
novembro 14, 2021
Operação Piracema segue com fiscalização nos rios do Estado no feriado – Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
novembro 14, 2021

Starlink revela antena retangular de internet e homologa roteador no Brasil – Tecnoblog

A SpaceX acaba de dar mais uma passo para a expansão do seu serviço de internet por satélites Starlink: uma nova, menor e mais moderna antena foi apresentada para melhorar a conexão do usuário e, do lado da própria empresa, aumentar a capacidade de produção do equipamento.

Antena Starlink de segunda geração (imagem: divulgação/SpaceX)

Antena Starlink de segunda geração (imagem: divulgação/SpaceX)

O detalhe mais peculiar é o design da nova antena. Ao contrário do modelo anterior, totalmente circular, a antena de segunda geração tem formato retangular.

A nova antena consegue ainda ser mais leve: são 4,2 kg contra os 7,3 kg do modelo de primeira geração. As dimensões também são diferentes, obviamente: a primeira antena tem diâmetro de 58,9 cm; a segunda, dimensões de 50 x 30 cm.

Mas ambas têm a faixa de temperatura suportada como característica em comum: de -30 ºC a 50 ºC.

Por já ter sido aprovada pela Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês) — órgão americano equivalente à Anatel no Brasil —, a nova antena será enviada aos novos clientes do serviço nos Estados Unidos.

Há uma boa razão para a SpaceX priorizar essa antena: em uma ocasião anterior, a companhia afirmou que a capacidade de produção da antena de primeira geração era limitada a 5 mil unidades por semana; o novo modelo deve permitir um aumento substancial desse número, embora a escassez global de chips dificulte a execução desse plano no momento.

A primeira e a segunda antena Starlink (imagem: divulgação/SpaceX)

A primeira e a segunda antena Starlink (imagem: divulgação/SpaceX)

Antena de 2ª geração tem novo roteador

A antena de segunda geração chega acompanhada de um novo roteador. Assim como o roteador da primeira geração, o de segunda é compatível com Wi-Fi 5 (802.11ac), mas troca o esquema MU-MIMO 2×2 pelo padrão MU-MIMO 3×3. Assim, o equipamento pode fazer transmissão simultânea em três fluxos para dispositivos compatíveis, sem sofrer congestionamento.

Em contrapartida, o novo roteador Starlink não vem com uma porta Ethernet adicional. Como alternativa, a SpaceX venderá um adaptador do tipo em sua loja online.

O novo roteador Starlink (imagem: divulgação/SpaceX)
O novo roteador Starlink (imagem: divulgação/SpaceX)

A internet da rede Starlink deixou a fase beta em outubro, mas ainda não foi lançada no Brasil. Mas é possível que as operações em território brasileiro não demorem a começar: uma documentação da Anatel aponta que um roteador Starlink foi homologado para uso no país em outubro.

Não se trata do novo roteador, porém. Os documentos fazem referência ao modelo UTR-201, que acompanha a antena de primeira geração.

Apesar das expectativas que a homologação do roteador traz, ainda não há informação sobre quando a internet Starlink estará disponível oficialmente no Brasil.

Vale lembrar que, nos Estados Unidos, o serviço custa US$ 99 por mês. O kit de instalação, com antena e roteador, deve ser pago à parte e sai por US$ 499.

Roteador Starlink passa por homologação no Brasil (imagem: reprodução/Anatel)
Roteador Starlink passa por homologação no Brasil (imagem: reprodução/Anatel)

Com informações: PCMag, CNET.

Colaborou: Everton Favretto.

Tecnocast 193 – Uma constelação de internet

A internet via satélite vem passando por grandes transformações. Mas, apesar dos avanços, essa tecnologia ainda não é para todos. Você provavelmente não vai trocar a sua fibra ótica por uma conexão via satélite num futuro próximo.

Pra explicar melhor essa questão, conversamos com Rafael Guimarães, presidente da Hughes do Brasil. Dá o play e vem com a gente.


Fonte da Notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *