Grupo da morte? São Paulo pode formar chave com até oito títulos na Libertadores de 2021

Governador autoriza pagamento de R$ 2,5 milhões em adicionais para servidores da Saúde
março 31, 2021
Estado inaugura, nos próximos dias, moderno Centro de Apoio a Autistas da Grande Dourados
abril 3, 2021

Grupo da morte? São Paulo pode formar chave com até oito títulos na Libertadores de 2021

Entre possíveis rivais do Tricolor estão o Grêmio e o Santos, que jogam fase preliminar

O São Paulo pode formar um grupo com até oito título na Libertadores desta temporada. Com a definição do último classificado do Uruguai, na última quarta-feira, já se conhecem todos os times que poderão enfrentar o Tricolor no torneio continental.

Sem o Peñarol – a última vaga uruguaia ficou com o Rentistas –, o São Paulo garantiu status de cabeça de chave no sorteio programado para o próximo dia 9 de abril. A definição se dá pela colocação no ranking da Conmebol.

Os quatro potes do sorteio estão formados, e o que resta saber, agora, é quais os quatro times que avançarão da fase preliminar – e que só serão conhecidos depois do sorteio, já que as partidas de volta acontecem entre os dias 13 e 15 de abril.

Os grupos serão formados por um time de cada pote. E os potes ficaram assim:

Pote 1

  • Palmeiras
  • Flamengo
  • São Paulo
  • Boca Juniors (ARG)
  • River Plate (ARG)
  • Cerro Porteño (PAR)
  • Olimpia (PAR)
  • Nacional (URU)

 

Pote 2

  • Atlético-MG
  • Internacional
  • Defensa y Justicia (ARG)
  • Racing (ARG)
  • Universidad Católica (CHI)
  • Independiente Santa Fé (COL)
  • LDU (EQU)
  • Barcelona de Guayaquil (EQU)

 

Pote 3

  • Fluminense
  • Argentinos Juniors (ARG)
  • Vélez Sarsfield (ARG)
  • The Strongest (BOL)
  • América de Cali (COL)
  • Sporting Cristal (PER)
  • Universitario (PER)
  • Deportivo Táchira (VEN)

 

Pote 4

  • Always Ready (BOL)
  • Unión La Calera (CHI)
  • Rentistas (URU)
  • Deportivo La Guaíra (VEN)
  • Libertad (PAR) ou Atlético Nacional (COL)
  • Independiente del Valle (EQU) ou Grêmio
  • Bolívar (BOL) ou Junior Barranquilla (COL)
  • San Lorenzo (ARG) ou Santos

 

Segundo o regulamento da Libertadores, clubes de um mesmo país não podem ficar no mesmo grupo – a exceção é se uma das equipes vier das fase prévias, o que significa que Santos ou Grêmio podem disputar a fase de grupos contra o São Paulo.

Dessa forma, uma possibilidade é o Tricolor enfrentar apenas rivais que já foram campeões do torneio, como LDU (um título), Vélez Sarsfield (um título) ou Argentino Juniors (um título) e Grêmio (três títulos) ou Santos (três títulos).

Curiosamente, na Libertadores de 2020, o São Paulo caiu num grupo de oito títulos. No ano passado, porém, o time não era cabeça de chave. Os duelos foram contra River Plate (quatro taças) e LDU (uma taça), além do Binacional, do Peru, estreante no torneio. O time então sob comando de Fernando Diniz fez campanha ruim e não avançou às oitavas de final.

Fonte:https://globoesporte.globo.com/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *