Google Maps usa IA para mostrar calçadas e faixas de pedestre em SP | Aplicativos e Software

Corinthians formaliza o interesse em Renato Gaúcho e empresário levará projeto para o treinador – Lance
maio 18, 2021
Novos lotes de vacina contra a Covid-19 chegam a MS que atinge marca de 1,1 milhão doses recebidas – Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
maio 18, 2021

Google Maps usa IA para mostrar calçadas e faixas de pedestre em SP | Aplicativos e Software

O gigante das buscas aproveitou parte do evento Google I/O para apresentar cinco novos recursos e ferramentas que serão implementadas dentro do Google Maps. A lista de novidades inclui a elaboração de uma rota com menor quantidade de áreas com freadas bruscas, indo até mesmo para o modo do mapa em realidade aumentada com mais detalhes para ajudar o pedestre, seja na rua ou em um aeroporto.

Google Maps com calçadas e faixas de pedestres (Imagem: divulgação/Google)

Google Maps com calçadas e faixas de pedestres (Imagem: divulgação/Google)

A primeira das cinco novidades apresentadas pela empresa para o Google Maps altera a visualização do próprio aplicativo em certos momentos do dia. Funciona assim: se o usuário abre o app em um dispositivo móvel pela manhã, as recomendações de restaurantes serão mais destacadas para aqueles com opções de café da manhã, deixando os voltados para a janta em ícones menores, mas ainda assim visíveis.

Se o Google Maps percebe que o usuário está em um local novo, informações sobre pontos turísticos ou locais importantes também aparecem em marcadores maiores. Além disso, quando um dos pontos no mapa é tocado, como um restaurante, loja ou mesmo uma atração turística, outros endereços semelhantes ganham destaque.

Já o segundo novo recurso é uma expansão das informações sobre movimentação de pessoas. Se você abrir o Google Maps neste instante e buscar, ou tocar em um local, poderá receber informações sobre quão cheio ele está. A partir desta nova ferramenta o usuário também verá se toda a região recebeu um número maior de pessoas.

Essa informação pode ser útil para quando uma pessoa está planejando um passeio e quer evitar tumulto, garantindo o distanciamento social, ou então indo na direção oposta ao imaginar um turista buscando exatamente algum movimento maior em certo local da cidade.

A terceira novidade também expande um recurso já existente em algumas cidades, que é a exibição de informações sobre faixas de pedestres e semáforos. Com promessa de chegar até o final deste ano em mais 50 cidades, como Berlim, Singapura, Seattle e São Paulo, o recurso utilizará inteligência artificial para desenhar com mais destaque as calçadas, mesmo em praças ou no canteiro central das ruas.

Com o crescimento das informações detalhadas dos mapas em mais locais, usuários podem ser guiados pela rota do Google Maps com mais facilidade, principalmente para cadeirantes.

Chegando no quarto anuncio para o Google Maps, o modo de realidade aumentada também foi expandido. Com a novidade, o nome das ruas passa a ser exibido nesta interface, junto de dados como o hotel onde o usuário está hospedado e até mesmo mais detalhes sobre os locais destacados, como o horário de funcionamento.

A exibição destes indicadores de direção em realidade aumentada também estará disponível dentro de locais fechados, começando por alguns poucos aeroportos do mundo.

Google Maps tornará mais segura a rota de motoristas

Por fim, a única novidade voltada apenas para os motoristas faz a rota traçada evitar um número elevado de freadas bruscas. Também com apoio em inteligência artificial e machine learning, o Google Maps passará a planejar um caminho pensado justamente para diminuir a quantidade destes momentos – identificados pelo gigante das buscas com maior probabilidade de acarretar um acidente de trânsito.

A rota traçada utilizará automaticamente um caminho com menos freadas bruscas quando o tempo estimado de chegada for o mesmo da rota tradicional, ou então com alteração mínima neste aspecto.

Com informações: Google.



Fonte da Notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *