Backup ilimitado do Google Fotos está prestes a ser encerrado | Internet

Palmeiras recebe recusa em primeira tentativa de renovação, mas segue negociando com Rony – Esportes
maio 24, 2021
MS está prestes a registrar 6,5 mil mortes por Covid-19 – Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
maio 24, 2021

Backup ilimitado do Google Fotos está prestes a ser encerrado | Internet

O Google Fotos ilimitado está chegando ao fim. A opção para guardar fotos e vídeos em alta qualidade também vai ocupar o armazenamento da conta do Google, conforme anunciado no fim do ano passado. A alteração está prevista para entrar em vigor a partir da semana que vem e também vai atingir novos celulares Google Pixel.

Google Fotos (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

Google Fotos (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

A nova política altera a gestão de armazenamento da plataforma. Atualmente, ao enviar fotos e vídeos em alta qualidade, os arquivos não consomem o armazenamento compartilhado entre o Google Fotos, Drive e Gmail. O backup em qualidade original, por outro lado, utiliza o espaço na nuvem conforme os arquivos são submetidos.

A partir de 1º de junho, os envios em alta qualidade também passarão a utilizar o espaço da conta. Isto significa que, depois dessa data, os arquivos submetidos à plataforma vão utilizar o espaço de 15 GB oferecido gratuitamente pela companhia. O armazenamento também pode ser expandido ao assinar um plano do Google One.

A mudança, porém, não vai afetar as mídias que já estão guardadas em alta qualidade. Segundo o Google, somente as fotos e vídeos enviados a partir de 1º de junho de 2021 vão consumir o armazenamento da conta. Assim, as mídias guardadas anteriormente nesta categoria não serão contabilizadas no limite do Google Fotos.

O Google ainda destacou, na época, que boa parte de seus usuários conseguirão utilizar o serviço com o armazenamento gratuito, de 15 GB, por alguns anos. A companhia também disponibilizou uma página que estima por quanto tempo o usuário terá espaço livre para fazer seus backups de mídias. Acesse a ferramenta: photos.google.com.

O Google também confirmou que os futuros celulares da linha Google Pixel virão sem o Google Fotos ilimitado. Mas, apesar da mudança recente na política de armazenamento, a empresa começou a alterar o benefício aos celulares da marca com o Pixel 3a e 4.

Google Fotos no Android (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Google Fotos no Android (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Google Fotos não terá mais backup ilimitado

A partir do dia 1º, os envios em alta qualidade também passarão a utilizar o armazenamento de 15 GB oferecido pelo Google, como acontece com a opção qualidade original. Este espaço da conta, vale lembrar, também é compartilhado com arquivos do Google Drive e conteúdos do Gmail.

Os usuários também podem contratar mais armazenamento para guardar mais arquivos, e-mails, fotos, vídeos e afins ao assinar o Google One. Além de expandir o limite, o serviço ainda permite a divisão da cota com outras pessoas da família. Confira as opções e os valores de cada plano a seguir:

  • 100 GB: R$ 6,99 por mês ou R$ 69,99 por ano;
  • 200 GB: R$ 9,99 por mês ou R$ 99,99 por ano;
  • 2 TB: R$ 34,99 por mês ou R$ 349,99 por ano.

Ainda que a mudança dê fim ao armazenamento ilimitado e gratuito, buscar uma alternativa ao Google Fotos pode não ser uma tarefa tão simples. Conforme observado pelo Android Police, além de guardar fotos e vídeos, o serviço também oferece diversos recursos para editar imagens, incluindo uma ferramenta para aplicar o popular efeito bokeh. A plataforma ainda possui álbuns compartilhados, memórias e mais.

O serviço ainda é compatível com diversas plataformas, não se limitando somente ao Android. O Apple Fotos, por exemplo, também conta com armazenamento de fotos e vídeos na nuvem, além de ferramentas para edição de imagens. O serviço, porém, é voltado para produtos da marca, como o iPhone, iPad e o Mac, mesmo que possa ser acessado pelo aplicativo do iCloud para Windows.

O usuário ainda conta com menos espaço gratuito no iCloud (5 GB), que também é utilizado para guardar arquivos, backups, e-mails e afins. Para obter mais armazenamento, é preciso optar por planos cujas mensalidades começam em R$ 3,50, com 50 GB, e vão até R$ 34,90, com 2 TB. A expansão ainda está disponível ao contratar o pacote Apple One, com preços a partir de R$ 26,50.

Fonte da Notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *